Um teste de otimização é muito útil, principalmente com a grande quantidade de empresas de publicidade estarem disponibilizando o serviço de SEO, a maioria das agencias de criação de sites também prestam este o serviço.

Mas após contratar este serviço como poderá saber se realmente seu site já esta totalmente otimizado?

Diferente do que muitos pensam otimizar um site é uma tarefa bem complexa sendo necessário de 4 a 5 ferramentas diferentes para fazer a análise e provar se seu site esta totalmente otimizado.

Teste de otimização online e análise de SEO

Existem muitas ferramentas online que fazem o teste de otimização de forma excelente.

Muitas soluções são gratuitas e outras pagas, para alegria de todos vou dar exemplos apenas de ferramentas gratuitas ou parcialmente gratuita tudo bem?

Woorank #01

Sem dúvida a melhor, além de ser toda em português o melhor teste de otimização será com o Woorank.

Sem dúvida faz analises muito completas sobre problemas que poderão causar a perca de posicionamento nas buscas do google.

Acesse: http://www.woorank.com/pt  e veja qual nota seu site recebe, atenção para notas abaixo de 50.

Antes de passarmos a dica #02 gostaríamos de frisar que estes artigos podem ser de seu interesse, abra em outra aba de seu navegador e deixe pronto para ler também:

 

teste de otimização

 

Google Pagespeed #02

Muito parecida com o Woorank mas com o objetivo principal de enfatizar problemas no site que podem estar deixando-o mais lento.

Atualmente a velocidade e performance do site esta entre as principais causas de mal posicionamento nas buscas.

Assim como o Woorank, o Google Pagespeed também fornece uma nota de 0 a 100 para o seu site, entretanto é mais rígido.

Atenção para notas abaixo de 80. Faça o teste em: https://developers.google.com/speed/pagespeed/

W3C Verification #03

Apesar de ter perdido um pouco de sua credibilidade quando se fala de análise de CSS o W3C, ainda é uma ótima ferramenta para analisar se a estrutura de programação do site foi bem construída.

A principal função do W3c é apontar possíveis erros de padrão de programação e neste caso o sistema também é bem regido.

Para o W3C tirar a grande nota negativa avermelhada de seu site é necessário que não tenha nenhum erro na estrutura de programação.

Para analisar seu site visite: http://validator.w3.org/

[acao]

Análise das Heading Tags #04

Os títulos feitos com as Heading Tags (H1, H2, H3..) são de extrema importância.

Pode acreditar, o principal problema não é a falta deles e sim o modo errado de uso, a grande maioria dos sites coloca todos os títulos como H1 ou pulam de h1 para h3 e do h3 para h5 e assim por diante.

A Ferramenta Style Killer que é uma integração para google Chrome.

E vai ajudar você a mostrar se seu site esta com as Heading Tags funcionando corretamente: https://chrome.google.com/webstore/detail/style-killer/

teste de otimização

Existem ainda mais Ferramentas

A ideia deste artigo é listar as principais ferramentas de uso, gostei muito do post do site SEO masters que também trás algumas ferramentas além das apresentadas neste artigo: http://www.seomarketing.com.br/ferramentas-seo.php

Para ajudar meus clientes e pessoas com dúvidas em SEO criei um vídeo muito bacana dando detalhes destas ferramentas.

 

4 Comentários
  • by Aldo Marques Posted 22-06-2014 17:40

    Gostei muito de ler suas dicas. Vou estudá-las com atenção para implementá-las meu blog Comunicar a Fé.

    Como sou da área de marketing, sofro com a falta de conhecimento e prática de técnicas de programação.

    • by Vitor Carvalho Posted 22-06-2014 20:20

      Olá Aldo, fico feliz que tenha gostado das dicas, e aguardo seus próximos comentários. 😉

  • by Natanael Genoel Posted 04-10-2014 14:59

    Olá! Gostei muito dessas dicas 😀 Bem que avisaste rs’ O Google é bem rígido, meu blog ficou com seus 25 % aprovado, o resto deve ser melhorado 😀 Não sabia desse recurso não. Obrigado por compartilhar.

    • by Vitor Carvalho Posted 04-10-2014 15:38

      Olá Natanael, boa sorte para resolver estes problemas de otimização, abraço

Comente Agora

Your email address will not be published. Required fields are marked *